Venda de soja em Mato Grosso para abrir espaço nos armazéns

A comercialização da soja para a safra 2021/22 no Estado avançou 1,51 ponto percentual, mês passado,  alcançando 97,38% da produção. Os negócios realizados estão atrelados à necessidade de abrir espaço nos armazéns. Para a safra 2022/23, com as lavouras apresentando desenvolvimento dentro do esperado até o momento, o produtor negociou um pouco mais da sua produção.

A análise foi divulgada, ontem à tarde, pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), ontem a tarde, no primeiro boletim da soja, deste ano. A comercialização para a safra alcançou 40,67% da produção em dezembro, avanço de 4,87% em relação ao mês de novembro. No que tange à safra futura (2023/24), os primeiros negócios já estão sendo observados em Mato Grosso e, no mês de dezembro, 1,08% da produção estimada foi vendida. Por fim, é importante destacar que, nesta temporada (23/24), continua sendo observado uma mudança no comportamento do produtor, visto que ele tem apresentado cautela no momento de negociar a produção, com intuito de melhores preços, principalmente no período de entressafra”, conclui.

Compartilhar

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Imprimir

últimas Notícias

Cotação da vaca gorda em Mato Grosso cai 1%

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) constatou que as incertezas em função da notícia da “vaca louca’’  (no Pará) resultaram em pressão baixista no