Sema multa usina em Mato Grosso em R$ 5 milhões

A secretaria estadual de Meio Ambiente informou, esta tarde, que multou em R$ 5 milhões a Usina Hidrelétrica de Manso por conta da morte de peixes, no Rio Manso. Os técnicos identificaram marcas de traumas nos corpos dos animais, como falta de escamas e animais sem cabeça, na vistoria feita no sábado à tarde, em atendimento a uma denúncia de vídeo.

As espécies mais afetadas foram Curimba ou Curimbatá. Foi determinado que o empreendimento recolha os peixes mortos. A quantidade não foi possível de ser levantada, aponta a secretaria.

“A equipe constatou que a morte dos peixes foi provocada por erros de operação nos hidrogeradores da usina APM Manso, de responsabilidade de Furnas – Centrais Elétricas S.A. que foi acionado com a presença de peixes no seu interior’, informa a Sema.

A Usina hidrelétrica do Manso possui quatro geradores, e acionar ou desligar algum deles é considerada uma manobra. No momento da visita dos técnicos da Sema, a usina operava com os hidrogeradores 1 e 4. Quando um gerador está desligado e vai ser acionado, é necessário que as comportas não sejam abertas para a entrada de peixes. Os geradores também só devem ser acionados sem os animais dentro.

A multa de R$ 5 milhões foi gerada pelo empreendimento agir em desacordo com a licença ambiental obtida ou contrariando normas legais e regulamentos pertinentes. Por deixar de adotar, quando assim o exigir a autoridade competente, medidas de precaução ou contenção em caso de risco ou de dano ambiental grave ou irreversível, conclui a secretaria.

Receba em seu WhatsApp informações publicadas em Só Notícias. Clique aqui.

Só Notícias (foto: reprodução)

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no print
Imprimir

últimas Notícias