Governador Mauro Mendes lança neste sábado, em Nova Mutum, retomada da duplicação da BR-163

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, convida a população para comparecer à solenidade de assinatura da ordem de serviço para início das obras de duplicação da BR-163, no trecho que interliga o posto Gil a Nova Mutum. O evento será realizado em Nova Mutum, neste sábado, 01/07, às 11h, na av. Perimetral José Aparecido Ribeiro, Loteamento Parque Nova Mutum, próximo à rotatória com a av. Mutum.

A retomada da obra de duplicação se dá após sete anos após sua interrupção. A primeira etapa de obras contratada contemplará 86 quilômetros, entre o Posto Gil, em Diamantino (km 507), e a travessia urbana de Nova Mutum (km 593), e deve ser concluída em 24 meses. Além da duplicação, o projeto contempla pontes e viadutos e a recuperação estrutural completa da pista antiga, num investimento de R$ 620 milhões.

“Esse é um dos trechos mais críticos e por isso demos total prioridade. Essa obra vai ser um marco para a logística de Mato Grosso, colocando fim a um problema que se arrasta há anos e que está sendo solucionado graças à essa medida inovadora do Governo do Estado. Além disso, vai trazer conforto aos motoristas, melhorar o tráfego e reduzir acidentes” – afirmou o governador Mauro Mendes

A obra de ampliação da BR-163/MT faz parte do plano de ataque elaborado pela Concessionária Nova Rota do Oeste e quem vem sendo realizado desde 4 de maio, quando foi efetivada a troca de controle acionário e o Governo de Mato Grosso, por meio da MT Par, passou a gerir o contrato.

O projeto prevê a execução de todo o saldo de obras previsto originalmente no contrato, que são cerca de 450 quilômetros de duplicação, 34 obras de artes especiais (pontes, trevos e viadutos), além de passarelas e a recuperação estrutural da via. A previsão é que em 8 anos seja investido R$ 7,5 bilhões.

Para o prefeito de Nova Mutum, Leandro Félix, este é um momento histórico para Mato Grosso.

“Estamos muito confiantes de que todas as obras ocorrerão conforme o planejamento. O governador Mauro Mendes tem tratado com muita responsabilidade as suas ações de governo, e a BR-163 tem recebido uma atenção especial. Não é à toa que conseguiu o feito inédito de um estado assumir a concessão de uma rodovia federal” – disse

Os serviços terão início à margem da pista sentido norte a partir do km 507, na região conhecida como Posto Gil, em Diamantino, avançando até o km 593,6, em Nova Mutum. A previsão é que no primeiro ano de obras sejam concluídos 36 quilômetros de pista nova, acostamento, canteiro central, sinalização horizontal e vertical, além da recuperação da via antiga. Neste período também deve ser concluído um retorno em desnível. Para o segundo ano de obra, está prevista a conclusão dos serviços até Nova Mutum, construção de duas pontes (uma sobre o rio Arinos e outra sobre um afluente) e mais dois diamantes (obra de arte relacionada a contornos e retornos) no km 572 e no km 592, em Nova Mutum.

Histórico

O trecho de 850,9 quilômetros da BR-163, de Itiquira a Sinop, está concedida à iniciativa privada desde 2014. O contrato estava sob a responsabilidade da Concessionária Rota do Oeste, que suspendeu as obras de duplicação em abril de 2016 diante da negativa da concessão do financiamento de longo prazo por parte dos bancos públicos à época. As crises política e econômica que se sucederam também impactaram negativamente neste e em todos os outros projetos de concessão de rodovias federais em curso no Brasil.

Baixar imagem

Compartilhar

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Imprimir

últimas Notícias

Política

Lula e Janja compram tapete de R$ 114 mil

Uma reforma liderada por Lula e Janja nos palácios presidenciais de Brasília custou 26,8 milhões de reais em 2023, e os gastos não devem se