Agronegócio viverá melhor momento de sua história no governo Lula, diz senador

Coordenador de assuntos agro da campanha do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o senador Carlos Fávaro (PSD-MT) disse que o setor viverá o seu melhor momento no governo que tomará posse em janeiro de 2023. “Temos certeza que o agro vai viver o melhor momento de toda sua história porque o agro tem tecnologia e infraestrutura. Lula será o presidente que vai fazer a diferença para o setor com investimentos necessários”, disse Fávaro, no domingo à noite, ao comentar o resultado eleitoral.

 

O Tribunal Superior Eleitoral concluiu na madrugada desta segunda-feira, às 0h18 de Brasília, a apuração dos votos do segundo turno. O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teve 60.345.999 votos (50,90% dos votos válidos). Já o presidente Jair Bolsonaro (PL) teve 58.206.354 votos (49,10%).

“A esperança voltou no coração do povo brasileiro porque vamos viver dias melhores”, acrescentou o senador.

Fávaro defendeu também o diálogo entre o novo governo e as entidades do setor produtivo, incluindo aquelas que rejeitaram publicamente o seu nome para a Presidência. “As entidades serão chamadas para conversar e escutar as demandas do setor. Terminou o governo que não tem diálogo e persegue a oposição. Governo Lula será um governo que vai ouvir as entidades e tratar junto com elas as demandas do agro”, afirmou.

O senador compõe o núcleo duro de interlocução da chapa Lula/Alckmin com o setor produtivo desde janeiro deste ano, juntamente com o deputado federal Neri Geller (PP-MT) e com o produtor mato-grossense de sementes de soja Carlos Augustin.

Compartilhar

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Imprimir

últimas Notícias

Cotação da vaca gorda em Mato Grosso cai 1%

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) constatou que as incertezas em função da notícia da “vaca louca’’  (no Pará) resultaram em pressão baixista no

agronomia

Safra de algodão em Mato Grosso aumenta 22,4%

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) informou que a área do algodão da safra 2021/22 em Mato Grosso foi de 1,18 milhão de hectares,